Como se Inscrever no Jovem Aprendiz

Avalie esta postagem

Vamos ensinar neste post como se inscrever no Jovem aprendiz para 2018, várias oportunidades como aprendiz.

Menor aprendiz, programa aprendiz é tudo a mesma coisa, só muda o nome em cada região, ótima oportunidades para jovens ingressarem no mercado de trabalho e conquistar um emprego com experiência. 

Em outro post, damos algumas dicas sobre perguntas e respostas para jovem aprendiz vale a pena conferir para aprender a se comportar em uma entrevista para ser incluso no programa, ou então já acesse Cadastro Jovem Aprendiz Inscrição.

Quanto tempo eu fico no programa Jovem aprendiz?

Geralmente a maioria das pessoas que fazem parte deste projeto, tem entre 16 e 19 anos. Mas a lei possibilita que seja dos 14 aos 24 anos. Lembrando que quando completar 24 anos tem que sair do programa, a lei não permite jovens acima desta idade.

Após ter entrado no programa jovem aprendiz, existe um tempo máximo de permanência que são dois anos.

Quando o jovem concluir o ensino médio, já sai com experiência de trabalho adquirido no programa.

Mas, a idade máxima que você pode ter ter esta oportunidade no programa é no máximo 24 anos. Então, entrei com 23 anos quando eu completar 24 anos encerra sua participação.

O interessante do programa jovem aprendiz é que você sai com um profissão, um rumo para para entrar em 2018 com experiência e conquistar um emprego de forma profissional e com mais rendimentos salariais.

Qual a Importância do Programa Menor Aprendiz?

Jovem, o programa menor aprendiz é muito importante, vai abrir as portas do mercado de trabalho para você, vai adquirir experiência em alguma área.

Todo empregador ao requisitar um menor aprendiz, ele já sabe, sua experiência é zero, é o seu primeiro emprego, então, o contratante está disposto a contratar você para seu quadro de funcionário.

Por que uma empresa procura Jovem Aprendiz?

A resposta é simples. O  governo dá benefícios ao empregador para este tipo de contração, daí a procura por jovens aprendiz.

Inscrever no Jovem Aprendiz, quais os Benefícios?

Ao se inscrever no jovem aprendiz, você terá oportunidades de aprender uma profissão, o empregador conhece suas limitações, então não precisa se preocupar, você será um aprendiz daquela empresa.

O período no programa é muito importante, a experiência adquirida proporciona chances de sucesso na contratação de empregos futuros,no programa você sai com experiência em alguma área e é essencial para seu currículo profissional.

Você chegou até aqui, por que houve interesse no programa jovem aprendiz, então, vamos para o passo seguinte que é se inscrever no jovem aprendiz.

Mas antes, sugerimos a você mais um post interessante que nosso site disponibilizou, vai aprender técnica para com se comportar em uma entrevista de emprego com perguntas e respostas.

Como se Inscrever no Jovem Aprendiz




Existem algumas instituições que fazem estas inscrições para o programa, são instituições credenciadas, não é qualquer escola que podem fazer o programa, tem ter regulamentação para inscrever um jovem aprendiz.

Para se inscrever no programa Jovem Aprendiz, você deve procurar instituições como; Senai, Senac, Senat são três lugares em que você vai encontrar informações para inscrições,  também tem esse programa é o CIEE – o Centro de Integração Empresa Escola.

Na minha cidade não tem nenhuma instituição para o programa Jovem Aprendiz, o que devo fazer?

Se na sua cidade não tem nenhuma destas instituições, você pode  procurar a Assistência social de sua cidade, que eles encaminham para algum orgão vinculado com o Menor Aprendiz.

Procure os locais que você quer se inscrever como jovem aprendiz, se houver algum projeto em andamento na sua cidade, eles irão te encaminhar para participar.

 O outro passo que é importantíssimo é você terá um currículo para apresentar para a empresa, para o Senai, o Senac, o Senat, o CIEE ou mesmo na empresa que vai fazer a seleção.

Então você pergunta: “Eu não tenho nenhuma experiência em meu currículo, por que devo preencher?”

Você já deve ter ouvido que primeira impressão é a que fica, certo? Levar um currículo, mostra seu interesse no assunto, mesmo que tenha apenas documentos pessoais sem nenhuma experiência, vale a pena, pois no processo seletivo. 

Se houver um empresa que vai fazer uma provinha, tipo vestibular para ver quem entra, porque a procura é muito grande, neste caso é outra situação. Mas aí você vai dar um jeito de estudar e vai ver qual é o processo correto.

Qualquer dúvida deixe uma mensagem que a gente responde, mas tenha um currículo para se apresentar.




Segue alguns links das instituições para cadastrar no jovem aprendiz:

https://www.cieepr.org.br/menu-superior/estudantes/cadastre-se-2/

http://www.pe.senai.br/programa-jovem-aprendiz/




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: